DSC03308web

O Forte Defensor Perpétuo de Paraty expõe em seu salão central o acervo de máscaras e bonecos produzidos por Natalino de Jesus Silva.

A abertura da exposição, durante a 11ª Semana de Museus, contou com a presença do mestre em oficinas de máscaras com estudantes da Escola Municipal Maria Jácome de Melo, localizada na zona rural.

A exposição tem recebido visitas guiadas para as escolas do município e fica no Forte até agosto.

Servidor aposentado do antigo Departamento de Correios e Telégrafos, Natalino de Jesus Silva nasceu em Paraty em 25 de dezembro de 1934. A técnica de Natalino é similar à de outros artistas locais como Jubileu, Mestre Biba e Lúcio Cruz. As máscaras são um hobby antigo do menino que fazia as próprias máscaras de carnaval.

Desde 1974, Natalino começou a experimentar a pintura em suas criações, com cores e formas intuitivas que com o tempo se mostraram a expressão de um artista.

Anúncios