O Forte Defensor Perpétuo de Paraty acaba de receber 250 mudas do Horto Municipal para replantio no Morro do Forte. Espécies nativas da Mata Atlântica, como palmito juçara, ipê amarelo, ipê roxo, cedro, jatobá, cambucá, amora e café serão replantadas nos próximos dias.

Algumas delas, como os ipês, o cedro e o jatobá, podem levar até 40 anos para atingir a fase adulta. O palmito juçara, ameaçado de extinção em função da extração predatória, leva 19 anos até a fase adulta. Cambucá, amora e café levam cerca de 8 anos.

O replantio dessas espécies é a primeira etapa do projeto de recomposição da mata nativa do Morro do Forte.

Anúncios