O Museu Forte Defensor Perpétuo recebeu no domingo, 28 de outubro, o Grupo Maracatu Palmeira Imperial de Paraty para um ensaio aberto. O evento foi o primeiro de uma parceria que trará o grupo para a área externa do Museu sempre no último domingo de cada mês.

O Palmeira Imperial é um grupo de maracatu de baque virado fundado em Paraty em 2007, sob a liderança de Augusto Menezes. O grupo já oferece oficinas de toque de instrumentos e de dança, sempre às quartas-feiras, além dos ensaios abertos e de apresentações pelas ruas da cidade em ocasiões especiais.

Os encontros no Forte acontecem na Praça de Armas, abertos ao público, e a partir de novembro também incluirão oficinas para iniciantes. As atividades iniciam às 14h30, e serão suspensas e reagendadas quando houver chuva.

Ao final do ensaio, Augusto juntou participantes do grupo e o público presente em uma roda agradecendo pelo axé da apresentação. Ele mencionou a visita recente ao Museu pelo Mestre Shacon Vianna, da Nação do Maracatu Porto Rico de Recife, e a importância do trio de tambores do século XVIII que faz parte do acervo.

Fotos: Leila Passini/Divulgação Maracatu Palmeira Imperial de Paraty

Anúncios